As tradições mais inusitadas da Catalunha

10/08/2016

Novidades

Se você estiver indo para a região da Catalunha, existe uma grande possibilidade de que a sua visita vai coincida com pelo menos uma das tradições particularmente peculiares de lá. Estranhos, mas adoráveis, esses costumes dão um toque especial a uma viagem, e fazem com que você tenha contato com um lado que não conheceria apenas visitando as atrações turísticas mais batidas. Selecionamos os principais:

Caga Tío

caga-tioEssa é uma das tradições festivas mais charmosas e amadas da Catalunha. No dia 08 de dezembro, esta pequena e sorridente figura é montada para as crianças, que podem alimentá-la todas as noites e cobrí-la com um cobertor (é inverno por lá). E finalmente, no Natal, as crianças cantam canções e batem nela com galhos, tudo na esperança que ela vai defecar doces. Na verdade, é uma tradição peculiar com raízes práticas: começou simplesmente como uma apreciação de uma modesta fogueira que, durante os invernos frios, mantinha as famílias quentes, que com o tempo evoluiu para uma versão mais comercial e estranhamente divertida que você vê hoje em dia.

Corpus Christi

O que poderia ser uma celebração tradicional, com desfiles e música, torna-se algo um pouco mais bizarro com a participação dos gegants (grandes bonecos de machê) e os famosos ovos dançantes. Sim, você vai encontrar ovos – de verdade – “dançando” no topo das fontes dos pátios, claustros e jardins por toda a cidadede Barcelona. A tradição remonta ao século XVI e tem raízes incertas. Alguns acreditam que o ovo poderia representar o corpo de Cristo, e a água, renovação.

Correfocs

CorrefocsSe normalmente somos mais inclinados a fugir do fogo, nesta tradição acontece exatamente o contrário. Traduzido para “corrida do fogo”, o Correfocs é uma celebração que envolve música, dança, desfiles, fantasias satânicas, fogos de artifício e muitas chamas. Também chamado de Ball de Diables, ou Dança do Diabo, a tradição remete ao século XII, e enquanto suas origens são desconhecidas, ela representa a luta entre o bem e o mal. A fim de ver os locais vestidos como demônios expulsando os maus espíritos, dançando e tornando um vilarejo em um caldeirão de luzes e fogos de artifício? Você pode fazer uma Excursão pelo festival de Correfoc (Corrida do fogo) saindo de Barcelona.

Castells

Castells

Os catalães não apenas celebram suas festas com desfiles, música, dança e comida, mas também pirâmides humanas. Equipes treinadas de pessoas, todas com funções específicas, criam as torres humanas chamadas de castells. Remetendo aos anos 1800, a construção geralmente é feito ao som de música; os homens ficam mais embaixo para aguentar um peso maior, e as mulheres mais em cima, com uma criança no topo. Quando a criança chega lá em cima, ela cumprimenta a multidão antes de ser cuidadosamente levada de volta ao nível do solo.

Dia de Sant Jordi

O 23 de abril, internacionalmente conhecido como Dia Mundial do Livro, coincide com a celebração de Sant Jordi, e tornou-se Dia dos Namorados catalão. Segundo a tradição, as mulheres devem presentear os seus companheiros com um livro, e os homens devem oferecer rosas às mulheres. É por isso que quem estiver em Barcelona nesse dia vai notar, especialmente nos pontos populares da cidade (como a Las Ramblas) ainda mais vendedores de flores e livreiros do que o habitual.

-Priscila Dexheimer

, ,

Comments are closed.