Bairros de Buenos Aires: a sofisticação da Recoleta

bsas recoleta 2 O pomposo bairro da Recoleta, em Buenos Aires, com as suas casas senhoriais e hotéis de luxo, é comumente considerado o bairro mais afluente da cidade. Situado ao nordeste do centro de Buenos Aires e fazendo fronteira com Almagro, Palermo e Retiro, sua popularidade começou no final do século 18, quando um surto de febre amarela (1871) nos subúrbios ao sul forçou os moradores da cidade a se refugiarem em lugares alternativos. Enquanto os mais pobres foram mais para o sul, as famílias mais ricas escolheram a Recoleta. O desenvolvimento foi rápido nessa época, já que os novos moradores não perderam tempo em explorar as propriedades já existentes na área, dividindo-as em lotes menores e construindo neles. Logo as propriedades já tinham sido substituídas com as luxuosas casas senhoriais que você vê hoje em dia.

O bairro é atualmente caracterizado por seus moradores elegantemente vestidos, caminhado ao longo das exclusivas avenidas e ocupando os sofisticados cafés que as permeiam. E apesar de se distintivamente residencial, a sua história arquitetônica e cultural constitui uma parte importante da rota turística da cidade. Com museus, centros culturais e marcos históricos, a beleza da Recoleta é sempre encontrar algo de interessante para ver ou fazer. O grande destaque, como é de se esperar, é o Cemitério da Recoleta: um mini-aldeia de túmulos – alguns extremamente bem conservados e pomposos e outros em ruínas -, que servem como os lugares de descanso final para membros das famílias mais importantes da Argentina, incluindo nomes como Eva Peron e o escritor Jose Hernandez.

bsas recoleta flickr Greg Poulos

Vista aérea do Cemitério da Recoleta (imagem cortesia de Greg Poulos via Flickr)

Mas ainda tem muito mais para explorar aqui. No Centro Cultural Recoleta, você pode conferir exposições de arte, concertos, performances teatrais, oficinas e festivais; e o magnífico Museo Nacional de Bellas Artes exibe o trabalho de Goya e Rembrandt e oferece entrada gratuita de terça a domingo.

Para algo mais relaxante, não faltam espaços verdes. A Plaza Francia é um local popular nos finais de semana, quando abriga o mercado de artesanato Feria de Artesanos de Plaza Francia, também conhecido como o “Hippy Fair“. Atravesse a Avenida de Libertador – uma das principais da cidade – e você poderá relaxar nos jardins bem cuidados do Parque Thays ou Plaza Justo José de Urquiza –  este último conta com uma exposição rotativa de esculturas e se estende até a fronteira com Palermo.

Mas claro que você tambêm tem que conhecer as áreas comerciais da Recoleta. Você pode conferir o mais recente em estilo e design local no Buenos Aires Design ou fazer dar uma olhada nas lojas sofisticadas espalhadas ao longo da bela Avenida Alvear.

Para mais inspirações, confira todas as atividades turísticas pelo bairro Recoleta e aproveite ao máximo!

-Priscila Dexheimer

, ,

Comments are closed.