Buenos Aires para quem precisa economizar

1-buenos aires metro flickr galio-001

O transporte público de Buenos Aires é eficiente e barato (imagem cortesia de galio via Flickr)

Visitar Buenos Aires é certamente um ótimo investimento do seu dinheiro, em qualquer época do ano. Mas como a Argentina vem sofrendo com uma inflação crescente, planejar uma viagem para cá sem gastar muito pode requerer um bom tempo, pois você nunca sabe ao certo se os preços que você pesquisou ainda serão os mesmos quando chegar. No entanto, aqueles com um orçamento mais apertado não devem se preocupar: existem muitos jeitos de não torrar todas as suas economias por aqui. Siga as nossas dicas para economizar em Buenos Aires:

Transporte
O preço das corridas de taxi pode até ser considerado baixo, mas acumulando os gastos de um período inteiro, você logo percebe que gastou bastante. Use o transporte público, as linhas de ônibus e metrô o levam a qualquer lugar! Para uma estadia prolongada, faça um cartão SUBE, o bilhete eletrônico do tamanho de um cartão de crédito, que permite que os usuários paguem tarifas mais baixas para utilizar os ônibus, metrôs e trens. Mas melhor ainda é caminhar: Buenos Aires tem um clima excelente para longas caminhadas, e você vai encontrar muitos pontos turísticos a uma curta distância uns dos outros.

Alimentação
Evite comprar alimentos ou bebidas de quiosques, eles podem até ser convenientes, mas os preços nos supermercados geralmente são a metade do valor que você pagariam naquele lanchinho. Para não perder tempo nas filas dos supermercados maiores, abuse dos chinos, as pequenas mercearias que muitas vezes são de propriedade de imigrantes chineses. Você vai encontrar uma boa variedade de guloseimas, bem como refrigerantes, medicamentos e ítens de necessidades básicas. Se você tiver grande parte do seu orçamento comprometido no final da viagem, vale também economizar nos restaurantes, optando pelas tradicionais empanadas, vendidas por unidade à preços irresitíveis. A maioria dos restaurantes em Buenos Aires também oferecem um menu para viagem, o que permite que você economize nas taxas de serviço.

Atrações Turísticas
A maioria dos pontos turísticos de Buenos Aires, como o Cemitério da Recoleta e a Casa Rosada, são absolutamente gratuitos. O Museu de Belas Artes também e a maioria dos outros museus têm dias especiais em que você não tem que pagar para entrar. Isso sem mencionar o entretenimento gratuito nas ruas, com dançarinos de tango até músicos de jazz, espalhados por praças e parques da cidade.

-Priscila Dexheimer

,

Comments are closed.