Descubra a beleza pouco conhecida de Nicarágua

GrenadaApesar de ser pacífico há mais de 25 anos, esse que é o maior país da América Central continua a ser um dos menos visitados, mas as coisas parecem estar prestes a mudar com recentes investimentos que prometem atrair um número crescente de turistas. Um desses investimentos é o novo aeroporto na ilha Omepete, conhecida reserva da biosfera lar de dois vulcões; além da construção de uma ponte sobre o rio San Juan, conectando o país com a Costa Rica, e o desenvolvimento de um canal inter-oceânico para rivalizar com o do Panamá. E é claro que a infra-estrutura turística segue no mesmo passo, com a abertura de vários hotéis de luxo espalhados pelo país. Então é melhor você se apressar se quiser ser o primeiro dos seus amigos a visitar!

Mas não é por que o país – ainda – não está na lista de desejos da maioria dos turistas que ele já não ofereça atrações incríveis! Um dos encantos de uma visita à Nicarágua é explorar as belas cidades coloniais. León é uma delas, e fica a aproximadamente 106 km de Manágua, sendo a segunda maior cidade do país. Esta tranquila cidade universitária é famosa pelas suas inúmeras igrejas e rivaliza com Granada, cuja arquitetura colonial já foi considerada a mais bem preservada de Nicarágua.

A Isla de Omepete ê um paraíso para quem gosta de aproveitar ao ar livre, com infinitas oportunidades para caminhadas, ciclismo e passeios a cavalo em seus diferentes cenários de paisagens, com belas praias de areia, florestas úmidas e dois vulcões, são repletas de plantas e vida selvagem única. E falando em plantas, Catarina é o seu lugar se você gosta de flores, já que o local é conhecido por ter mais delas do que pessoas! De bungavílias a orquídeas, dálias a jasmins, esta pequena cidade atrai muita gente para sentir o cheiro das suas flores e comprar belos arranjos para suas casas. Tem também o canyon Somoto, pertinho de Manágua, considerado monumento nacional e uma das mais impressionantes atrações naturais do país, se estendendo por mais de 3 km e com profundidades que chegam a 160 metros,  na fronteira com Honduras. Os visitantes podem andar de caiaque, nadar e até fazer escaladas aqui, nada mal né?

E ainda em muito mais! Gostou? Confira mais opções de coisas para fazer na Nicarágua e agende a sua visita!

-Priscila Dexheimer

 

, ,

Comments are closed.