Explorando a Argentina além de Buenos Aires

A maioria dos turistas na Argentina permanece em Buenos Aires. Embora seja uma cidade bonita e icônica, há muito mais para ver na Argentina, muitas vezes esquecido em função do glamour da capital. A Argentina é o oitavo maior país do mundo. É cheio de diversidade geográfica, das selvas quentes do norte até as geleiras misteriosas bem afastadas ao sul. Visitar somente Buenos Aires é explorar apenas uma parte da variada história deste país.
Não sabe onde mais ir na Argentina? Considere alguns destes destinos para o seu itinerário de viagem:

Mar del Plata

Mar del Plata. Foto cortesia Diego Dacal via Flickr.

Mar del Plata. Foto cortesia Diego Dacal via Flickr

Mar del Plata é o lugar para onde os portenhos ​​(cidadãos de Buenos Aires) fogem em suas férias. A Argentina tem um vasto litoral, mas esta é de longe a cidade mais popular. Seus principais atrativos são as praias, a vida noturna e o tradicional Grand Casino. Durante o verão essa cidade cheia de resorts fica repleta de veranistas e oferece muitos eventos. Muitos dos shows e concertos que geralmente ocorrem na capital são transferidos para cá para serem apreciados ao ar livre.

Cataratas do Iguaçu

Cataratas do Iguaçu. Foto cortesia de Patrick Nouhailler via Flickr.

Cataratas do Iguaçu. Foto cortesia de Patrick Nouhailler via Flickr

Iguaçu é notoriamente considerada como um dos destaques da América do Sul. Estas são algumas das cachoeiras mais impressionantes do mundo. As quedas são mais altas do que as Cataratas do Niágara e têm o dobro de largura. Elas são, na verdade, compostas de 275 cachoeiras diferentes separadas por ilhas que se estendem pela fronteira entre Argentina e Brasil. Muitos turistas preferem visitar os pontos de observação de ambos os lados da fronteira. Do lado argentino, há muitas trilhas para caminhada e pontos de observação para se apreciar tanto as quedas como a floresta a sua volta.

Salta

Salta a noite. Foto cortesia de Jorge Gobbi via Flickr

Salta a noite. Foto cortesia de Jorge Gobbi via Flickr

Salta está localizada no extremo noroeste da Argentina, o que a torna uma parada popular para os viajantes que chegam da Bolívia ou que vão para lá. A pequena Salta la Linda é conhecida pelo seu bom clima, paisagem e arquitetura. Os destaques da cidade são as antigas construções coloniais que datam do século XVIII e que têm uma forte semelhança com Andaluzia, na Espanha. Fora da cidade há um cenário de deserto deslumbrante. É o ponto de partida do Trem das Nuvens, que é uma das maiores ferrovias do mundo.

Rosario

Rosario. Foto cortesia de Stephanie Yoder

Rosario. Foto cortesia de Stephanie Yoder

Terceira maior cidade da Argentina e, talvez, a mais agradável. Apesar de ficar a apenas três horas de ônibus de Buenos Aires, Rosario tem uma atmosfera completamente diferente, tranqüila e ensolarada. A cidade é conhecida por sua arquitetura neoclássica, belos parques e por ser o local de nascimento de Che Guevara.
Rosario é uma cidade adorável para se caminhar ao longo do rio Paraná, visitar o Museu de Arte Moderna ou experimentar seus incríveis sorvetes.

Córdoba

Catedral em Córdoba. Foto cortesia de Bob Betzen via Flickr

Catedral em Córdoba. Foto cortesia de Bob Betzen via Flickr

É a segunda maior cidade da Argentina e foi considerada a capital da região antes de Buenos Aires chamar a atenção do mundo. Córdoba foi fundada há séculos atrás em 1570, e o centro histórico da cidade, com sua arquitetura colonial, é atualmente um Património Mundial da UNESCO. Córdoba continua a ser uma grande cidade hoje em dia, e é reconhecida por suas muitas universidades, teatros e centros culturais. Ela tem uma das populações mais jovens e animadas de toda a América do Sul.
De Córdoba você pode seguir para a Serras de Córdoba, um dos destinos turísticos mais populares do país entre argentinos. Aqui você vai encontrar colinas e montanhas com pequenas e agradáveis ​​cidades, algumas com grande influência alemã.

Mendoza

Mendoza. Foto cortesia de Stephanie Yoder

Mendoza. Foto cortesia de Stephanie Yoder

Mendoza é a capital da região vinícola na Argentina, onde 1,5 bilhões de litros de vinho são produzidos por ano. Mendoza em si é um conjunto deslumbrante de pequenas cidades na base da Cordilheira dos Andes e fica a uma curta distância da montanha mais alta do mundo depois do Himalaia.
A maior atração de Mendoza são as centenas de vinícolas, conhecidas como bodegas. Elas podem ser visitadas em uma excursão organizada ou independentemente de bicicleta. Mendoza também é um ótimo lugar para experimentar uma variedade de esportes de aventura.
>> Confira uma excursão do vinho em Mendoza ou uma aventura rafting em águas brancas.

Bariloche

Bariloche. Foto cortesia de Danielle Pereira via Flickr

Bariloche. Foto cortesia de Danielle Pereira via Flickr

Um pouco mais ao sul dos Andes fica uma cidade menor chamada Bariloche. Ela é única devido a sua cultura alpina, fruto da colonização  por parte de alemães, austríacos e suecos na virada do século. Você vai se deparar com a cultura européia através das lojas de chocolate, resorts de esqui e uma infinidade de cães São Bernardo.
Bariloche também é conhecida por suas paisagens deslumbrantes. Está localizada ao longo das margens do Lago Nahuel Huapi, com a Cordilheira dos Andes como cenário de fundo.  O mais antigo parque nacional da Argentina, o Parque Nacional Nahuel Huapi, fica próximo é propício para caminhadas e montanhismo.

El Calafate e Ushuaia

Ushuaia. Foto cortesia de Victor via Flickr

Ushuaia. Foto cortesia de Victor via Flickr

Estas duas cidades do extremo sul são o melhor ponto de partida para explorar a Patagônia.
El Calafate é o destino para visitar o Parque Nacional das Geleiras e a Geleira Perito Moreno. Essa é uma das geleiras mais famosas do mundo, onde você pode ouvir o gelo rachando à medida que se expande e avança, e caindo no mar.
Ushuaia é notoriamente conhecida por ser a cidade mais ao sul do mundo. É também a maior cidade de Tierra del Fuego e uma boa base para explorar a região. A área era utilizada para abrigar os índios Yamana, que já foram totalmente exterminados. Atividades comuns em Ushuaia incluem caminhadas pelas geleiras e esqui.

 

 – Stephanie Yoder

 

Planejando uma viagem? Navegue na Viator pelas Excursões e coisas para fazer.

, , , , , , , , , , , ,

Comments are closed.