Guatapé, a vila dos zócalos

Medellin_Guatape_GaiaPassarelli_3A pequena Guatapé fica nas montanhas de Antioquia, na Colômbia central, e é um dos mais procurados passeios de um dia a partir de Medellín. Uma região abençoada por natureza exuberante, a Colômbia central é terra de plantações de café, abuelitas preparando arepas na beira da estrada e crianças tomando chocolate quente.

Fundada em 1811, Guatapé é uma cidade que já morreu uma vez. A cidadezinha de ruas de pedra e casas coloridas que se vê hoje é nova. A antiga Guatapé foi inundada para abrigar a represa onde a gente vai pescar, navegar ou praticar esportes aquáticos. Diz que em tempos de seca é possível ver as torres da antiga igreja da cidade se erguendo sobre as águas.

Medellin_Guatape_GaiaPassarelli_2

Reconstruída na beira da água em 1960, Guatapé ganhou um malécon (o calçadão) e sua principal atração turística: os zócalos, pinturas coloridas em relevo que enfeitam as paredes das casas e representam cenas do cotidiano da população.  Os motivos dos zócalos são sempre singelos: cavalos, jogos de cartas, flores e o carriel – a bolsa de couro usada pelos homens da região. Quase toda a vila está decorada e a intenção da população é que 100% das casas tenham zócalos nas paredes, colocando Guatapé no livro dos recordes.

O melhor jeito de visitar Guatapé é fazendo um passeio de um dia a partir de Medellin. Vale viajar com calma, parar na estrada para comer milho na brasa com queijo e tomar sorvete no malecón vendo o sol refletir nas águas da represa.

Guatapé, Antioquia, Colombia @ Gaía Passarelli 2015

Quem tiver pique também pode encarar as centenas de degraus da Piedra del Peñol. Imagine o Pão de Açúcar do Rio de Janeiro na beira de um lago, com uma íngreme escada de metal levando ao topo – o esforço de paga, é a melhor vista da região, enxergando montanhas, florestas e ilhas no meio da represa.

– Gaía Passarelli

, ,

Comments are closed.