Lisboa: a religiosidade e o encanto de Fátima

Santuário de Fátima

Lisboa é uma capital interessante. Rica em cultura, a capital nos dá a sensação de estar visitando aquele velho parente dos nossos pais. Sensação bastante plausível, uma vez que quase tudo o que conhecemos hoje no Brasil teve, em algum momento, influencia portuguesa.

Uma ótima opção de visita a partir de Lisboa, a 130 km de distância da capital portuguesa se encontra a cidade de Fátima. A cidade é universalmente conhecida como um dos maiores locais de peregrinação católica do mundo inteiro, chegando a receber cerca de sete milhões de pessoas por ano. É certo que a maioria dos viajantes, se desloca até a cidade em busca de pegar alguma promessa ou fazer uma prece, mas é grande também o número de pessoas que a visitam apenas por curiosidade.

A área que hoje ocupa o dobro do espaço que possui a Praça de São Pedro, no Vaticano, começou o seu sucesso ao redor do mundo quando ainda no ano de 1917, três cidadãos locais afirmaram ver a imagem de Nossa Senhora pela primeira vez. No local, a Capela das Aparições é a que contempla as maiores demonstrações de fé sendo, portanto, o local mais visitado em Fátima. A capela foi erguida no local em que a imagem foi relatada pela primeira vez, em uma árvore. Com o volume de visitas, peregrinos que arrancavam os galhos da ‘azinheira das aparições’ em busca de realizações, levaram a árvore a sucumbir, dando lugar, hoje, a imagem de Nossa Senhora, que é palco de várias missas diárias, realizada em vários idiomas.

Naturalmente, de todas as épocas do ano, o dia 13 de maio é marcado pelo maior volume de visitas. Tendo sido a data em que foi relatada a primeira aparição, o dia 13 de maio acaba por atrai milhares de visitantes nesse dia. Se a ideia é fazer um passeio tranqüilo, sem muita gente, é importante evitar essa data, assim como o dia 13 de cada mês.

Além disso, o lugar conta com a recém construída (em 2007) Basílica da Santíssima Trindade, construída para suportar o volume de visitantes que vão diariamente até a cidade. Existe também, um belíssimo museu de cera e a famosa Vila Sacra, com representações fidedignas das estações da paixão de cristo, em um total de quatorze capelas. Outra dica interessante, é aproveitar a passagem para ir até a Vila de Aljustrel, local onde fica a casa dos três cidadãos locais que relataram a primeira aparição da imagem de Nossa Senhora.

 -Nathalya Lucena

 

,

Comments are closed.