Principais atrações do mundo em 2012

31/12/2012

Coisas para Fazer

Viator blog brasil

Bem-vindo ao 2012 Viator Travel Awards: Edição de principais atrações! Combinamos comentários de análises de viajantes e fotos, dados dos milhões dos viajantes que visitam o Viator.com todo ano e dados sobre quais atrações ao redor do mundo geraram o maior número de reservas em 2012, para premiar as 20 principais atrações em 2012!

20º lugar: Represa Hoover

Fenômeno Arquitetônico que alterou permanentemente o sudoeste dos Estados Unidos, a Represa Hoover estende-se pelo Black Canyon e acima do imenso Rio Colorado. A arquitetura em si é deslumbrante, adornada como está com atraentes elementos de Art Deco. O melhor de tudo, porém, é sua vista de tirar o fôlego do Lago Mead, do Rio Colorado e dos canyons e vales em redor. Uma das maiores barragens na América, a Represa Hoover é uma imperdível atração em Vegas e uma viagem fácil de um dia da cidade – um percurso que leva você por alguns dos mais dramáticos cenários da área.

19º lugar: Blue Mountains

Blue Mountains

Blue Mountains

As belas Blue Mountains valem por uma viagem idílica de um dia da correria do centro de Sydney. A área é rica em cenários incríveis, do terreno das formações rochosas e dos cavernosos vales de eucaliptos às encantadoras aldeias e cachoeiras nas montanhas. A área oferece atividades ao ar livre, compras e lazer, acomodações luxuosas e percursos icônicos. Serão necessários dois dias para tirar o máximo de proveito desta área espetacular.
18º lugar: Giverny
Uma pequena vila a oeste de Paris, Giverny foi lar do pintor Claude Monet, que se apaixonou pela cidade através da janela de um trem. Ele se mudou para cá em 1883 e começou a fazer pinturas do interior. Após 1890, no entanto, ele começou a transformar os jardins de sua casa e a fazer suas famosas pinturas de lótus. Hoje, você pode absorver a inspiração dele com um passeio por sua casa e seus jardins restaurados. Para os amantes da arte, especialmente se você viu suas maravilhosas pinturas no Orsay, no Orangerie ou nos museus Marmottan em Paris, Giverny é imperdível.
17º lugar: Estátua da Liberdade

Um ícone arquitetônico americano, “Lady Liberty” ergue-se majestosa na Ilha da Liberdade, guardando a entrada do Porto de Nova York. A estátua de 93 metros (305 pés) de altura foi um presente da França aos Estados Unidos para comemorar o 100º aniversário da jovem independência do país. Uma vez na ilha, você pode visitar o Statue of Liberty Museum, no qual você pode você pode ver a tocha original e uma exposição explanatória antes de dar uma olhada mais de perto na Estátua da Liberdade no 10º andar. O Serviço do National Park oferece excursões informativas, que também incluem uma parada na Ilha Ellis. Não perca essas atrações de Nova York!
16º lugar: Galeria Uffizi
Recheada com uma das mais importantes coleções de arte florentina, a Galeria Uffizi, ou Galleria degli Uffizi, é mantida em um palácio renascentista construído para Cosimo de’ Medici por Vasari em 1560. A coleção remonta a rica história da arte florentina, desde suas origens no século 11 até Botticelli e o florescer da arte renascentista. Entre os destaques estão O Nascimento da Vênus, de Botticelli, Anunciação, de da Vinci, a lânguida Vênus de Urbino, de Ticiano, e o retrato em technicolor da sagrada família, de Michelangelo.
15º lugar: Mont Saint Michel
Nascendo das planas areias brancas, as elegantes torres dos arranha-céus da abadia de Mont Saint Michel são uma das mais emblemáticas imagens do norte da França. Ligada ao continente por uma antiga estrada pavimentada, a abadia está assentada em uma pequena ilha rodeada por proteções fortes e muralhas. A baía em redor é famosa por suas extremas marés, cuja diferença entre a maré alta e a maré baixa pode atingir até 15 metros (50 pés).
14º lugar: Louvre
Um dos maiores museus de arte, o Museu do Louvre contém uma rica coleção de arte a partir dos frutos da civilização humana, desde antiguidades à Renascença e obras-primas francesas do século 19. Famosas obras incluem O Escriba Sentado, as Joias de Ramsés II, Escravos, de Michelangelo, a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, e as obras de Rafael, Botticelli e Ticiano, entre muitos, muitos, muitos outros.
13º lugar: Palácio de Versalhes

Versalhes

Versalhes

A uma viagem de 45 minutos do centro de Paris fica o opulente palácio do Castelo de Versalhes (Palácio de Versalhes). O Rei Luís XIV transformou o lodge de caça de seu pai no castelo mais suntuoso e decadente da Europa, incluindo jardins reais projetados para criar um Éden francês e dar às funções uma sensação bucólica. Foi a sede do governo francês de 1682 a 1789 e, depois de 1830, tornou-se o Museu da História da França. Entre os destaques estão o Salão dos Espelhos para os Grandes Aposentos do rei e os extensos jardins formais à famosa propriedade de Marie-Antoinette.
12º lugar: London Eye
Vistas espetaculares sobre os marcos mais famosos de Londres se desdobram a partir do London Eye, a quarta estrutura mais alta de Londres. Os passageiros são transportados em 32 cabines seladas, com laterais de vidro, que comportam um total de 800 pessoas e giram em uma enorme roda gigante. Uma rotação completa leva meia hora. Ao longo do caminho, você verá locais como as Casas do Parlamento, o Palácio de Buckingham, a Catedral de São Paulo e o Rio Tâmisa. Em um dia claro, é possível ver até o Castelo de Windsor. E a baixa velocidade da rotação significa que há tempo de sobra para ver tudo e tirar muitas fotos.
11º lugar: Jardins Keukenhof
Nos Jardins Keukenhof em Amsterdã, talentos naturais são combinados com precisão artificial para criar uma maravilha de paisagem, onde milhões de tulipas e narcisos, jacintos, campânulas e muitas outras flores desabrocham perfeitamente no lugar e no horário exato. Os jardins são os maiores do mundo e, com a chegada da primavera, cerca de 800.000 aficionados das flores admiram que os caminhos sinuosos através de jardins arborizados, através de lagoas e riachos obscuros, imersos em uma chama de cores vibrantes. É uma vista espetacular.
10º lugar: A Última Ceia, de Da Vinci (Il Cenacolo)
Amantes da arte na trilha de Da Vinci, leitores de Dan Brown seguindo a rota do Código Da Vinci e visitantes que procuram um vislumbre de um dos quadros mais emblemáticos do mundo vêm para Il Cenacolo Vinciano em Milão para ver o mural de Leonardo da Vinci, A Última Ceia, ou Il Cenacolo. A famosa pintura de parede, que retrata o momento em que Jesus prediz que um dos seus apóstolos o trairá, cobre a parede do refeitório ao lado da Igreja de Santa Maria delle Grazie, na periferia oeste do centro de Milão.
9º lugar: Alcatraz
Um dos locais mais emblemáticos da América, Alcatraz é frequentemente associada ao chefe do crime de Chicago Al “Scarface” Capone, que foi preso aqui na década de 1930. De fato, muitos criminosos de lista A passaram por esta penitenciária de segurança máxima, incluindo o ágil sequestrador George “Machine Gun” Kelly e Morton Sobell, o contratante militar considerado culpado de espionagem soviética junto com Julius e Ethel Rosenberg. Mas uma visita a este Parque Nacional é mais do que apenas ver o interior de uma antiga prisão. Veja algumas das principais atrações de São Francisco em um passeio panorâmico de balsa na baía, e veja o panorama deslumbrante da Golden Gate Bridge, da Bay Bridge, e da Ilha Angel; a Ilha Ellis do Oeste.
8º lugar: Stonehenge
Um dos maiores mistérios do mundo, Stonehenge é um círculo enorme de pedras de pé e de terraplanagem no meio de um campo verde, em Wiltshire, construída aproximadamente 3.500 anos atrás. Stonehenge é o monumento mais importante da Grã-Bretanha antiga e, desde 1986, tem sido um Patrimônio Mundial da UNESCO. Apesar da correria do tráfego que passa por ele, Stonehenge ainda consegue manter sua magia e seu mistério. A cidade de Salisbury, 8 quilômetros ao sul, é lar da medieval Catedral de Salisbury, que detém a famosa Carta Magna.
7º lugar: Skywalk do Grand Canyon

Com vista para as deslumbrantes vistas do Rio Colorado e da margem oeste do Grand Canyon, a Grand Canyon Skywalk é uma ponta com chão de vidro em forma de “U” ao ar livre. Uma caminhada na Skywalk – a estrutura mais alta do mundo feita pelo homem – é uma experiência emocionante, pois você fica suspenso a 1.219 metros (4.000 pés) acima do chão do cânion. Mas o que você tem são vistas de 720 graus de todos os lados, o que permite absorver a magnificência do Grand Canyon, um dos locais naturais mais notáveis dos Estados Unidos.
6º lugar: Empire State Building

O icônico edifício Empire State é a definição de “arranha-céu”. De fato, de 1931 a 1977, a estrutura Art Deco de 102 andares foi o edifício mais alto do mundo. Depois de admirar os brilhantes mosaicos Art Deco no lobby, suba de elevador para 86º ou 102º andar para obter vistas surpreendentes de 360 graus da cidade e dos estados vizinhos. À noite, o pináculo Art Deco escalonado é iluminado com cores festivas e comemorativas durante todo o ano – verde pelo dia de St. Patrick, vermelho e rosa pelo Dia dos Namorados, vermelho e verde pelo Natal e assim por diante.
5º lugar: Coliseu

Coliseu

Coliseu

Um dos locais antigos mais conhecidos do mundo, o Coliseu de Roma era o lugar onde os imperadores romanos gostavam de assistir gladiadores protagonizarem batalhas mortais, bem como caçar e matar animais silvestres. O Coliseu foi construído em 80 dC e é bastante surpreendente para arquitetura complexa e avançada, sem falar que tem se mantido erguido muito bem desde então. As bancadas, os corredores e as salas subterrâneas onde os animais e gladiadores aguardavam seu destino ainda estão intactos. O Coliseu é o modelo de todos os estádios modernos; a única diferença é que as equipes de hoje sobrevivem a seus jogos.
4º lugar: Palácio de Buckingham
Desde 1837, o Palácio de Buckingham tem sido residência oficial da Rainha. Atualmente, a rainha Elizabeth II mantém suas festas mais importantes, dá seus prêmios anuais e recebe e cumprimenta pessoas importantes de outros países. Durante a maior parte do ano, o Palácio de Buckingham é fechado para o público, e você só pode olhar através dos portões a fachada imponente e a varanda, de onde Charles e Diana acenaram quando se casaram e onde William e Kate trocaram dois famosos beijos. No verão, quando a Rainha tira folga no Castelo de Balmoral, na Escócia, você pode passear por 19 salas ricamente decoradas, incluindo a Sala do Trono e parte dos jardins (os maiores jardins particulares de Londres). A frente, ou entrada oriental, é onde ocorre a troca da guarda.
3º lugar: Moulin Rouge

Durante o final do século 19, Paris, França, estava passando por um renascimento alegre em diversas áreas, período que passou a ser chamado Belle Epoque. Um século foi chegando ao fim, a criatividade estava florescendo, a França não estava em guerra, e as pessoas estavam cheias com as alegrias da vida. Que melhor momento para lançar um salão de dança com lindas dançarinas? Assim, foi aberto o Moulin Rouge em 1889. Dentro do cabaré mundialmente famoso, aristocratas vinham para se misturar com a ralé e as mulheres de vida fácil. Havia uma enorme pista de dança, espelhos em todos os lugares e uma atmosfera de euforia total. Havia até mesmo burros para as senhoras com um espírito aventureiro. Hoje não há burros, mas a euforia continua.
2º lugar: Vaticano

Os papas estavam entre a primeira realeza a abrir suas vastas coleções de arte para o público. Hoje, você pode ver a incrível coleção do Vaticano, enquanto passeia pelos chamados “Museus do Vaticano“, um enorme complexo de galerias e museus, mostrando pinturas, esculturas, afrescos, tapeçarias e antiguidades clássicas incluindo romana, grega e egípcia. Há também, é claro, coleções de arte sacra, retratos papais e, menos obviamente, carruagens e automóveis. Qualquer visita ao Vaticano também deve incluir a famosa Capela Sistina e as Salas de Rafael. Reserve bastante tempo para aproveitar seu passeio pelos museus e corredores estreitos e escadas que os conectam.
1º lugar: Torre Eiffel

Torre Eiffel

Torre Eiffel

A Torre Eiffel (Tour Eiffel) em Paris foi uma vez a estrutura mais alta do mundo, elevando-se ao céu por 320 metros (1.050 pés), até ser sobrepujada pelo Edifício Chrysler, em Manhattan. Construída por Gustave Eiffel para a Exposição Mundial de 1889, a torre quase foi demolida 20 anos depois, quando mostrou ser a plataforma ideal para as antenas necessárias para a nova ciência da radiotelegrafia. Hoje, o destaque de uma visita são as vistas de Paris. Quando você termina de olhar para cima através das vigas, três níveis são abertos ao público.

Esperamos que tenha gostado da lista da Viator das maiores atrações do mundo em 2012. Fique atento a mais listas nos próximos dias, para ajudar você a planejar sua próxima viagem pelo mundo. Conte-nos o que você pensa, fale de suas próprias experiências de viagem e, mais importante: boas viagens em 2013!

-A Equipe da Viator

Planejando uma viagem? Navegue na Viator pelas Excursões e coisas para fazer.

, , , ,

Comments are closed.